25.6.05

Psicanálise me dá um calor: reloaded

Diz se Álvaro de Campos não era uma histérica:
"A vida chega a doer, a enjoar, a cortar, a roçar, a ranger,
A dar vontade de dar gritos, de dar pulos, de ficar no chão, de sair
Para fora de todas as casas, de todas as lógicas, de todas as sacadas,
E ir a ser selvagem para a morte entre árvores e esquecimentos"
***

ah tá. deseja.
***

Coisas bonitas de morder ou coisas de morder bonitas? se eu parei de fumar e não saí da fase oral? na falta disso e daquilo, minhas mãos com dentadas.
***

(Gosto de posts como todos, perecíveis.)

4 O mundo em ti:

Blogger José Américo de Melo said...

Clearly non-Campos.

10:35 AM  
Blogger Jeferson Ferreira said...

é histérica, mas eu adoro!

12:45 PM  
Blogger Messer Tartufo de' Verdipascoli said...

Bastará dizer que o trecho em questão já foi muitas vezes recitado por Maria Bethânia. Nosso marquês acha que só um histérico pode «sacar» o outro.

12:26 AM  
Blogger senhoritah said...

há salvação, não?
***

eu taméééém

***
cara! você é tanto o 'meu cara', viu! dá-lhe a gritariaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

4:49 PM  

Postar um comentário

<< Home